Bon Appétit

Prato do dia: Nhoque da sorte.

Buenas, estava sentindo falta de um toque culinário por aqui! E hoje tem nhoque porque eu amo, porque você ama e porque todo mundo ama 😀 O nhoque é um típico prato italiano a base de batata e trigo. E o prato tem até simpatia, o popular rito do nhoque da fortuna é bem conhecido e muito tradicional em restaurantes e famílias italianas. Quer saber mais clique aqui 

Entre minhas comidas favoritas estão as massas, sou apaixonada por todas. E com o nhoque não poderia ser diferente, eu gosto de ter como prato principal sempre variando os molhos e acompanhar com salada. Pesquisei algumas receitas até chegar em uma que eu curtisse muito, e hoje vou compartilhar ela com vocês. Anota aí:

Ingredientes para a massa:

1kg de batata doce (eu tiro a casca, mas se preferir pode lavar bem e manter)
1 ovo inteiro
1 pitada de sal
1 xícara de farinha de trigo (aqui vocÊ pode ir colocando aos poucos para dar a liga, cuide para não exagerar)

Ingredientes para o molho branco:

1 cebola média picada beeeem piquititinha
1 colher cheia de manteiga (aproximadamente 50gr)
1 lata de creme de leite
1/2 litro de leite
1 colher de sopa de maizena
50gr de queijo gorgonzola (ou um queijo de sua preferência, pode ser o parmesão que também fica ótimo)
Pimenta do reino a gosto
Noz moscada a gosto

Preparo da massa:

Corte a batata em rodelas de tamanhos iguais e cozinhe até ficarem macias, vale o teste do garfo. Depois de cozidas espere esfriar (ou não) e faça um purê, se tiver um espremedor ajuda muito. Adicione o ovo e o sal e misture tudo. Vá adicionando a farinha de trigo aos poucos e mexendo com as mãos, quando desgrudar esta pronta para esticar e cortar (mas cuidado para não encher de farinha se não o gosto vai ser só trigo). Em uma superfície lisa e enfarinhada enrole a massa em “cordões” – uma cobra – e depois corte em cubos de mais ou menos 1cm. Procure deixar todos do mesmo tamanho porque é importante no cozimento. Deixe descansar por uns 15 minutos,  após, ligue a água em uma panela funda e adicione sal a gosto. Quando ferver vá colocando os pedacinhos na água, todos vão afundar. Quando subirem a superfície estão prontos, retire com a ajuda de uma escumadeira e reserve.  Eu gosto de deixar um pouquinho da água do cozimento para o nhoque não grudar e cubro a tigela com papel alumínio até o molho ficar pronto, ou faça o molho antes de cozinhar o nhoque e seja mais esperta que eu!

Preparo do molho:

Derreta a manteiga e adicione a cebola, sal e pimenta do reino. Qando a cebola estiver transparente adicione o creme de leite e deixe cozinhar por uns 2 minutos. IMPORTANTE: dissolva a maizena no leite antes de juntar tudo na panela para não empelotar. Coloque a mistura do leite e maizena e mexa bem até ficar com uma consistência mais firme, tempere com a noz moscada ralada na hora ou em pó e adicione o queijo. Se preferir desligue o fogo e depois adicione o queijo, o calor vai derreter e não corre o risco de ficar muito “duro” o seu molho. Precisa ficar cremoso.

Por fim misture no nhoque, polvilhe queijo ralado, eu prefiro o parmesão ralado na hora, e sirva com uma salada de sua preferência e amor <3

nhoque

E sim eu exagerei no molho :p

Beijos e bom apetite, Camila.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta